História do estilo Munich Helles

A cerveja estilo Helles ou simplesmente Hell, que significa claro em alemão e é hoje a cerveja diária da população da região da Baviera na Alemanha. Hoje este estilo é fabricado em toda a Alemanha, pois seu lar é a Baviera, onde nasceu o estilo. Mas nem sempre este estilo foi amado pelos exigentes consumidores da Alemanha, esta cerveja no início foi até odiada por alguns cervejeiros.

História do estilo Munich Helles

No final do século XIX, a recém-criada cerveja Pilsen que foi produzida pela primeira vez em 1842 pelo mestre cervejeiro Josef Groll na região da Boêmia, seguia seu crescimento de popularidade e caia no gosto dos consumidores do norte da Alemanha, Europa e Estados Unidos.

Porém os Bávaros continuavam relutantes a adoção da cerveja vinda da Boêmia e se agarravam à Dunkel, uma tradicional lager marrom escura. Na época as cervejas escuras reinavam na Baviera, principalmente na cidade de Munique onde os consumidores eram extremamente conservadores.

Mas com o passar do tempo eles começaram a ceder, atraídos pela dourada e reluzente cerveja que era servida nos “Biergärten” (jardins da cerveja) das cidades.

Foi então que, em 1894, a cervejaria Spaten lançou uma cerveja para combater a Pilsen vinda da Boêmia. Chamava-se Heller ou simplesmente Hell. Era uma cerveja clara de cor palha-dourada com uma espuma branca e generosa. Cerveja mais clara que a Pilsen e enfatizava mais um caráter maltado do que lupulado, portanto considerada menos amarga que a popular cerveja criada por Groll.

Em um tempo recorde, muito rápido mesmo, as tradicionais lager escuras foram deixadas de lado. Mas isso causou revolta em muitos mestres cervejeiros da Baviera, especificamente da cidade de Munique, onde a Associação de Cervejeiros pensou até mesmo em proibir com a intenção de banir as cervejas de cor clara, mas era tarde demais.

Como sempre quem manda na produção é a demanda de consumo, até mesmo as cervejarias que combateram a Hell, 30 anos depois estavam produzindo a cerveja campeã de vendas na Baviera.

A partir de então a Hell destronou a tradicional cerveja Dunkel na Baviera.

Descrição do Guia de Estilo BA: Estilo Munich Helles

Deve passar a percepção de baixo amargor. Tem corpo mediano e ênfase no malte, onde os atributos maltados normalmente aparecem em equilíbrio com os compostos sulfurosos produzidos pelas leveduras.

Algumas versões buscam um nível perceptível de sabores e características de lúpulo (nota: sabor de lúpulo não implica em amargor), mas estes são essencialmente equilibrados com os atributos de malte que mantêm a identidade do estilo.

As características de malte às vezes trazem notas de pão, mas sempre lembram cevada maltada levemente tostada e fresca. Não deve ter nenhum toque de caramelo. A cor varia de palha clara a dourada.

 

Fonte: https://www.ocaneco.com.br/cerveja-helles-conheca-sua-historia/

Comentários